BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

15 outubro 2009

O passado...

Não sou perfeita, muito muito longe disso! Já errei tanto na vida que nem sei por onde começar! Mas tento melhorar, procuro ser julgada por aquilo que sou e não por aquilo que fiz no passado!

Para que não haja por aí pessoas a dizer que me faço passar por santinha e por boa pessoa, aqui vai a verdade, nua e crua:

A minha relação com o meu namorado começou com uma traição, tanto eu como ele eramos comprometidos, tanto eu como ele mentimos um ao outro e às pessoas com quem estavamos. A namorada dele estava grávida e ele foi-se embora mesmo assim. Eu tinha comprado um apartamento e fui-me embora mesmo assim.

Se me orgulho do que fiz? Nem um bocadinho!
Se o voltaria a fazer? Queria ficar com a pessoa com quem estou hoje, mas teria sido frontal com a pessoa com quem estava!
Se sofri à conta disso? Mais do que seria de imaginar, mais do que seria de esperar, não tanto como quem foi traído, certamente, mas ainda assim, mesmo muito...
Se me arrependo? Arrependo-me do processo, não do fim!

Compreendo a dor de quem foi trocado, não consigo entender reacções posteriores (partir carros, mandar mensagens anónimas e dizer que foi a amiga que lhe roubou o telemóvel para as enviar, mandar mensagens do telemóvel do namorado a fazer-se passar por meu amante, fazer ameaças por mensagem ao meu irmão...)

Agora é necessário conviver em paz, afinal, no meio há um menino lindo (de dois anos) que me insulta de vez em quando, que insulta o pai de vez em quando mas que certamente não tem noção do que está a dizer e que nunca ouvirá falar mal da mãe, seja por quem for deste lado "da barricada".

Serve este post para quê? Serve para que saibam quem sou... errei muito, mesmo! Há alturas na vida em que não sabemos o que fazer e fazemos o pior possivel...
Quem quiser voltar, recebo-os com todo o gosto, adoro a vossa companhia.. Quem me quizer julgar por isto, também é livre de o fazer! Mas assim já ninguem pode dizer que vos engano...que mostro uma cara e tenho outra...esta sou eu!

Provavelmente não me deveria expôr tanto, provavelmente deveria fechar este blogue e abrir outro de forma ainda mais anónima...mas olha, azarito! Não me orgulho do que fiz, mas não o posso mudar nem sinto necessidade do esconder...

26 cores:

Rafeiro Perfumado disse...

Quem nunca errou que atire o primeiro comentário malicioso (ia dizer pedra mas tem direitos de autor). Beijoca!

Unhas de princesa disse...

Errar é humano!
Tiveste uma atitude de muita coragem ao admitir que erraste e que fizeste sofrer, mas também sofreste com isso.
O mais importante agora é mesmo a criança, passar por cima dos maus sentimentos que possam existir (de parte a parte) e fazer com que o ambiente seja bom, ou razoavelmente bom...
Eu continuo por aqui... ;)
Beijinho*

Marlene Fernandes disse...

Minha querida, és corajosa não é qualquer um que dá a cara na blogosfera, não é qualquer um que admite ter errado… por muito que diga-mos que o passado passou e que não se pode alterar, a verdade é que com acontecimentos passados mudamos presentes e futuros…
Na minha opinião erras-te sim, mas quem sou eu para te julgar quando um dia posso ser eu o réu! Alem disso errar e avaliar o erro é aprender…. Continuas a ser a querida e doce Lia que me rouba sorrisos sempre que entro neste mundo, e agradeço-te tal :D

beijokitas

D* disse...

O facto de o contares, tudo o que se passou, aqui já mostra bastante da tua pessoa :) E quem é que nunca errou?
Beijinhos**

Complica(da) disse...

Ola...em primeiro lugar, obrigada por teres visitado o meu cantinho...és muito bem vinda!
Em segundo, parabéns pela coragem!

Aninhas disse...

Quem nunca errou que atire a primeira pedra...

Somos seres humanos. Temos virtudes e defeitos. Fazemos coisas certas e erradas... É a vida! O segredo é aceitar os nossos erros, admitindo-os e tentando não os repetir...

Não vou deixar de ler os teus textos, de visitar o teu blogue por isso. És humana e sincera...

Bjx

a Gaja disse...

Quem nunca errou que atire a primeira pedra. Pois tu podes ter errado, no entanto, tu admites que já erraste.
Olha pois eu continua a cá vir porque continuo a gostar muito deste teu espacinho e pelo menos foste sincera e contaste a verdade a todos.

Força nisso, tou contigo...e se resolveres mudar de blog vê-lá se dizes alguma coisa...

Marz disse...

Devo dizer que por vezes é mau "expormos" aqui a nossa vida mas no fundo faz-nos tão bem, não é? Se te sentiste bem a escrever isto aqui não tens sequer de pensar em mudar de blog! Às vezes faz-nos bem desabafar sobre os nossos próprios erros, pois ficamos muito mais livres! Entendo o que aconteceu. Já fui traida. E desculpei. Somos felizes. Sofri muito mas o amor é mesmo assim. Sofrimento e felicidade. Acho muito bem teres ficado com a pessoa que amas! Muita força e muitaaas felicidades «3

Galo disse...

Pois... são as voltas da vida e não se pode mudar o passado.
São situações que deixam sempre feridas abertas dos dois lados e não adianta tentar ser racional, porque quando o coração fala, a cabeça nem sempre escuta.
Se te estás a expor demasiado... quem é que o pode afirmar? Um blogue pode servir de escape e se te sentes melhor partilhando as tuas mágoas, ninguém deve levar a mal.
Dá tempo ao tempo e tudo há-de tomar o rumo certo.

Beijinho.

Coiso disse...

Agora deixaste-me a pensar...
Eu sou um bocado radical no que diz respeito a este assunto. Talvez por ainda ser puto e não ter uma grande vivência.

Mas é óbvio que continuarei a passar por aqui! E não é este post que muda a minha opinião: eu considero-te uma bloguista muito, muito simpática. :)

Bjo!

sakura disse...

Tens muita coragem querida Lia. Mesmo. Pela sinceridade, por falares deste tema aqui.
E sabes que vou voltar, já me tornei tua fã e não sou nenhuma santa para te estar a julgar.
Todos nós já errámos na nossa vida.
Bjinho grande e força :)

suspiro de baunilha disse...

Aplaudo de pé a coragem... e compreendo porque se calhar já fiz coisas piores. Há coisas que nao se explicam, sentem-se! E acredita que por este post fiquei a admirar-te ainda mais! pode ser que um dia tenha tb coragem de me "abrir" mais um bocadinho... beijocas e continua assim... ;)

Odalisca disse...

Toda a gente erra, é normal... Mas no fim o que interessa é a tua felicidade e de quem está contigo! Juntos superam tudo :)
Beijinhos linda*

White Knight disse...

Estás bem agora, não estás? É o que interessa ;)
Quanto à parte de partir coisas: reunimos uma equipa de bloggers e vamos kick some ass!LOL
Beijinho

Mr. Me disse...

Todos já fizemos coisas das quais não nos orgulhamos. Mas os erros são relativos quando comparados a determinadas situações posteriores.
Eu não julgo ninguém e quando o faço, normalmente acabo por engolir aquilo que disse, portanto cada vez menos o faço. Importa que as pessoas procurem a felicidade, se não é com X, haverá um Y pronto para nos fazer feliz algures.
E não, não és menos pelas tuas atitudes: és simplesmente. Assim como todas as outras pessoas.

Beijo

estrela cadente disse...

Primeiro q tudo obrigada pelo comentario =D
e agora respondendo ao teu post, ninguem é perfeito, toda a gente erra, toda a gente tem a sua fase de vida de q se arrepende... na minha opinião acho q n tens q te martirizar com isso e nem tens q deixar de desabafar, admitir os erros é um passo muito importante... e acredito q custou muitos para os vossos ex namorados mas a vida é assim, nem sempre se ama e nem sempre se odeia, os sentimenyos mudam,e eles é q deviam ser homem e mulher e n entrarem em atitudes extremas de vingança...
Agora é seguires em frente e aproveitares a decisão q tomaste... e acima de tudo ser Feliz, posso demonstrar um pocuo de egoismo mas antes de toda a gente, apara ti, estás tu...
***

Olhos Dourados disse...

Errar é humano. E quem somos nós para julgar os outros?

...:Ju:...® disse...

O "tem de ser" tem muita força, não importa o que arrasta atrás de sí. E eu depois de ler, ainda mais acredito que depois de tudo isso, está provado que "tinha de ser".
Além disso, "pior" do que tu há muita gente e sem coragem de o admitir.

Quanto ao abrir e ter medo de expor a nossa vida, eu também já passei por isso, mas também digo...tentei nao me expor mas simplesmente não dá, o mundo blogger é como ter um diário que nos responde..há coisa melhor? ;)

E obrigado pela passagem no meu blog x)

Only Words disse...

Todos nós somos dotados de fragilidades. Todos erramos. Mas poucos assumem os seus erros. Não vou opinar sobre este assunto, porque não gosto de falar de factos que desconheço, mas apenas te deixo uma sugestão, se me permites, não te exponhas tanto. Tenta ser mais reservada no que toca a assuntos tão delicados! ;)

Beijooo

Garrafa na Praia disse...

Admiro a tua coragem em admitir o erro... Espero que tenha sido um erro em função do amor e que sejas feliz!!

E obrigada por seguires o meu blog :)

PR" disse...

Acho que a melhor forma de corrigir um erro começa por admiti-lo... e todos erramos...
Foi de muita coragem da tua parte partilha-lo...
Não devemos ter orgulho, e, não tens! Aprendes-te com ele, e estás feliz agora.

Que se lixe o resto!

S* disse...

Todos erramos e fazemos merdas das quais não nos orgulhamos. Não podemos é fazer da excepçao uma regra. ;)

Anuska disse...

Como te compreendo...sofremos sim, nem que seja ao decidirmos assumir as consequências dos nossos actos e seguir em frente com a decisão...mas para quem está de fora, não sendo nós as vítimas não temos direito de sofrer.

estrela cadente disse...

Bigada pela força, a sério, é um apoio =D
quando quiser falar n hesito, mas sabes q s fosse falar neste momento ias-te fartar de ler, lol, é tanta coisa q nunca mais parava =s
bjinhos e bigada
***
já estou mais calma, há fases e fases, alturas mais estaveis e mis instaveis durante o mesmo dia, agora estou mais aliviada... vamos ver como acordo amanha...

Teia dos Sonhos disse...

Eu em tempos usei muito a internet, e já sofri muito por causa dela. Porque as pessoas nunca são o que nos parecem. Mas estou de volta pq nos momentos de tristeza, conta o carinho dos amigos. Escreve por ti, é isso que importa.
Beijinhos.
Lia

Lisa disse...

Lia a vida por vezes prega-nos partidas feias, dá-nos a conhecer o melhor da pior forma, e faz-nos lutar por vezes de uma forma desleal por aquilo que tanto queremos para nós.

É normal cometermos erros, mas é de uma coragem enorme admiti-los e ainda mais, seguir em frente de cabeça erguida após tal.

Tambem eu já cometi varios erros e embora nunca tenha traido, ja fui o motivo da traição... E naquele momento só queria que esse motivo fosse o mais forte, mais forte que a outra relação...
Não consegui e hoje até fico aliviada por tal, mas nunca em tempo algum condenarei seja quem foi.

Nunca podemos dizer "desta agua não beberei" e quando estão em jogo sentimentos fortes, como a atracção, a paixão e indo mais longe o AMOR, não há razão ou moral que nos trave.

E no teu caso, aquilo que tenho a dizer é que se o teu amor predurou é porque estava destinado a ser assim, que o que interessava mesmo era estarem juntos, tu e o teu namorado actual.
Continuar com relações, apenas para as aparencias ou porque a maioria acha que assim é que está correcto, para mim não encaixa nem a força da bala.
Ousar enfrentar o mundo e dizer de peito cheio "AMO-O, e farei o que tiver de ser feito para estar com ele" só demonstra uma coragem e uma vontade que merecem ser louvadas.

Por isso vive a vida, deita para tras das costas o arrependimento e apenas fica com a ideia de que não vais querer voltar a repetir tal.

Tudo o resto, são pequenas situações que ao longo do tempo vai ficando sem significado ate morrerem no esquecimento.

E eu nunca iria deixar de te seguir, porque adoro ler-te e tenho uma afinidade grande contigo, afinal fazemos anos no mesmo dia e isso é algo para aproximar e muito duas pessoas!! ;)