BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

29 novembro 2009

E quando for um meu???

De 15 em 15 dias "encarno" no papel de "Madrasta má" porque temos cá o filho do meu namorado!
E então é ver-me acordar 20 vezes por noite para ver se ele está bem tapado, é ver-me preocupada em que ele tenha regras e não fique um mimado, é ver-me a babar cada vez que ele me dá um abracinho ou um beijinho, é ver-me a inchar de orgulho com as gracinhas dele (ainda que eu saiba que não tenho mérito absolutamente nenhum por ele ser tão giro e esperto).


Então este fim-de-semana foi especial porque, pela primeira vez, ele fez a Árvore de Natal cá em casa! Passou horas, de luz apagada, a ver as luzinhas, com os olhinhos a brilhar! E eu com lágrimas nos olhos por vê-lo tão feliz!

Se isto é com um miudo que vejo de 15 em 15 dias, que conheci já tinha um ano e que não é meu (embora goste tanto dele...), quando for um meu, faço o quê????
Derreto-me em baba e lágrimas???

24 cores:

a Gaja disse...

Isso é o relógio biológico a funcionar...os putos são fantásticos. quando estou com o meu sobrinho sou uma pessoa totalmente diferente.

Kikas disse...

oh, mas é tão bom que tenhas essa relação com ele :)

Ana C. disse...

O nome madrasta e enteado não é bonito não senhora, mas porque os associamos sempre às histórias infantis, das madrastas-más :)
Está na altura de começar a mudar esse sentimento e tu estás no bom caminho sim senhora. Que bela mulher de pai sim tu me saíste e que sorte a dele :)
Acordares para veres se ele está bem tapado de noite é sentimento maternal puro e duro.
(Eu tenho madrasta e padrasto e uma relação muito boa com os dois)

Li disse...

É muito saudável essa boa relação que tens com ele.... e quando for um teu ainda vais ser mais babada e tudo o que disseste ao dobro ;-) as crianças são mesmo o melhor que há no mundo!
Beijinho

teiasonhos disse...

Não me pareces nada uma madrasta má, pelo contrário! E sim, certamente vais ser uma mãe galinha, babona e chorona... Mas que mal é que tem? ;)
Beijocas.

Rainbow disse...

Que post tão fofinho! :'D

Vaca na Lua disse...

Quando for o teu vais babar da mesma maneira...não, ainda mais, porque ais reconhecer nele um pedacinho de ti...

D* disse...

Oooohh, tão fofinhoo! :)

Lisa disse...

As crianças têm o dom de nos por babadas...
Eu ficava assim com a minha prima quando ela era pequena ou então quando via uma criança no café... derretia-me toda.

Quando a minha filha nasceu, passei a derreter-me ainda mais, mas de uma forma diferente...

Quando é nosso, sentimos que mesmo com muitas asneiras pelo caminho, fizemos algo de tão certo que nem acreditamos que seja nosso. Por isso nos babamos de uma forma especial, unica, sentida de dentro.

E sabe tão bem!!! ;)

na america profunda disse...

Que lindo
quando for os teus vai ser isso tudo mas assim + infinito

Marz disse...

Oh as crianças são tão amorosas. Eu adoro crianças! Quando for o teu nós oferecemos-te um babete :P

mjf disse...

Olá!
Vais ser fofinha da mesma maneira:=)

Beijocas

Unhas de princesa disse...

Madrasta má??? Acho que és uma madrasta muito boazinha! Eheheh!
Bem... quando for o teu ainda vais babar mais! :)
Beijinho e boa semana!

TIA COMPLICAÇÕES disse...

Parabéns é uma pessoa linda por dentro, quem não gostaria de ter uma madrasta assim. Um dia que tenha um filho seu será carinho a duplicar, não custa nada, sabe tãoooo bem e o papá ficará radiante......uma vez mais parabéns

formiga disse...

Pelo menos tens uma boa relação com ele. As crianças geralmente fazem-nos ficar assim...babadas!!!

Paulo Lontro disse...

Talvez não seja muito diferente, ok, é teu, mas os teus valores são os mesmos, logo…

White Knight disse...

Tá na hora de arranjares um ;)

top secret disse...

Olá
Pelo teu post e pela força que dás à marianinha mostras ser uma pessoa muito especial.

top secret disse...

Olá
Pelo teu post e pela força que dás à marianinha mostras ser uma pessoa muito especial.

top secret disse...

Olá
Pelo teu post mostras ser uma pessoa muito especial

PR" disse...

Mais coisa menos coisa!! :D São tão fofinhos!!! *.*

Anuska disse...

Não experimentei nenhuma das situações por isso não sei,mas olha, experimenta um dia destes hehe ;-)

Bruno disse...

é bom teres essa relação com ele :)
e quanto a um mesmo teu, podes começar a tratar disso ehehe
beijinhos

PB disse...

Trata de arranjar o teu! ;)