BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

03 setembro 2010

É a "viding"

O pimpolhito teve ontem o seu primeiro dia de escola! Aos 3 anos deixou de estar com a mãe e com uma tia/avó a tempo inteiro e foi para o infantário! 
Passei o dia todo com o coração apertado, porque ele poderia estar a sofrer, porque podia não se adaptar... Parece que correu tudo bem, que não chorou, comeu, dormiu, brincou...enfim, fez o que é suposto!

Mas não gosto deste papel secundário, ou melhor, terciário na vida dele, a não ser num fim-de-semana de 15 em 15 dias! Nunca vou poder ir a uma festinha da escola, não vou estar nos momentos importantes e marcantes da vida dele...
Caramba, se eu nem vou com o pai buscá-lo porque sei que isso ia provocar um ataque à mãe dele e quero protegê-lo de ver essas figuras.... 
Resta-me ir fazendo o melhor que sei quando ele está connosco e agradecer cada abraço apertado e cada "gosto tanto de ti Lia" enquanto durarem...

12 cores:

Bailarina disse...

Pareces uma Apaixonada pelo pimpolho!! Isso é tão bom, mas também te faz sofrer...
Bjinho

Bloguótico disse...

O pimpolho já domina a turminha!!!... e é nisso que deves pensar! Quando ele regressa de lá, já será teu novamente! :D

BS of Life disse...

Oh que fofinho.

Ai esse sentimento maternal... :)

Bisou.

anaferro disse...

A tua atitude é a verdadeira atitude de amor.

A mim custa-me a perceber como se usa as crianças para atacar os adultos. Mas adiante.

Queria também dar-te os parabéns atrasados. Muito atrasados, vá!

Um beijinho grande

Su disse...

essa atitude é de amor...
no entanto, acho que isso também vai acabar por fazer mal ao pimpolho...porque quando for mais velho vai acabar por perceber as coisas...
acho muito mal que os adultos usem as crianças... mas pronto...


bjnho *.*

maria teresa disse...

Está a proceder correctamente...revela muito amor por essa criança, feliz dela que a tem a si na "retaguarda",...o tempo se encarrerá de a "recompensar".
Abracinho

Kikas disse...

um dia, tenho a certeza que poderás partilhar com ele todos os momentos especiais, quando ele poder escolher :) força nisso *

AVOGI disse...

as crianças retribuem ao longo da vida. kis bom fim d esemana

Pinkk Candy disse...

ainda bem que és assim, nem todas as crianças têm a sorte da nova companheira do pai gostar delas, então muitas que já têm filhos próprios, muitas das vezes preferem os próprios, e negligenciam o ou os do companheiro. estás certa :-)

pelos vistos a relação do teu companheiro ficou mal resolvida com a ex...

kiss

S* disse...

Não há razões para alarme... vai correr bem. :) Faz parte.

Anuska disse...

Para ele não acredito de todo que estejas em segundo plano, eles vêm as coisas de uma forma muito mais simples do que nós. Beijo

Ana Sousa disse...

É triste que "nós" adultos, seres (supostamente) racionais e detentores de discernimento não percebamos que há coisas mais importantes que os nossos sentimentos, neste caso os sentimentos do pequeno. Não deve ser uma situação fácil de a criança entender, se bem que elas têm um poder de encaixe bem maior que o nosso. Mas ainda bem para a criança que te preocupas assim, com "pequenas" como essa. E mesmo que não sejas sua mãe, podes ser uma boa amiga, o que permite que também partilhes os bons e apoies nos maus momentos.